Pular para o conteúdo principal

Nova integrante, apresentação e essas coisas

Oi gente. :)

Meu nome é Nanda (de Fernanda, não de Amanda) e sou uma nova integrante do blog. Tenho 19 anos (feitos recentemente, parabéns pra mim \o\), moro durante a semana em Seropédica e fim de semana fico em Niterói (ambos no estado do RJ) e estou no quinto período de licenciatura em Belas Artes na UFRRJ (com dois Rs mesmo. Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro). Sou aprendiz de tatuadora (aliás, modificações corporais são a minha vida e, pra mim, a arte mais bonita de todas) e, nas horas vagas, toco violão. Já fui professora de Desenho Artístico no Centro de Arte e Cultura da minha universidade, monitora das disciplinas Plástica I e II (escultura) e, no momento, dou aula de Mangá (também no Centro de Arte e Cultura). Além disso, ajudo na arte-final de um mangá que se chama Em Busca do Poder.
Não falei isso tudo pra me gabar, longe disso. Minha vida profissional está só começando e o que quis mostrar aqui é que ela vai ser toda pautada na arte. E, mesmo sendo só o começo da minha vida profissional, quero passar um pouco do conhecimento sobre artes plásticas que adquiri durante esses anos que me dediquei a esse meio artístico para vocês.
Pretendo postar mais sobre técnicas (de desenho, principalmente) e alguns textos para reflexão (uns de minha autoria, outros que li na faculdade... enfim). Não sou muito de postar vídeos e imagens em blogs não, só quando é muito necessário.
Espero agradar vocês e, qualquer dúvida, só comentar aqui que eu respondo (:
Até mais,

Nanda Attianezi
____________________
Em Busca do Poder: http://www.embuscadopoder.com/
Meu DeviantART (meio desatualizado :(): http://www.draw-it.deviantart.com/
Meu Orkut: http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=875615775772495622

Comentários

  1. Seja bem vinda Nandaaaaaa!!! :D

    *-* Admiro demais essa sua bandeira da arte levantada com tanto vigor. .\,,/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

O que você achou? ^-^

Postagens mais visitadas deste blog

Significado dos Rabiscos Involuntários

Boa Noite Galerinha *-*, animados pra muito chocolate ? srrss
Há muito tempo atrás, eu navegava muito pela net pesquisando testes, perdia horas fazendo-os, até que uma vez, encontrei um teste, mas sobre desenho, sim, aqueles que vc faz involuntariamente,e que podem demonstrar mesmo que sem querer, uns traços de sua personalidade. Enfim, guardei-o com carinho e hoje, fuçando as coisas do pc, achei exemplo de alguns, qual será que vc se identifica enh ? :3 "Espirais: Quem fica desenhando espirais não gosta de ficar sozinho. Desenhos assim são feitos, geralmente, por pessoas que gostam de se destacar no grupo e batalham para ter alguma função em qualquer lugar, em qualquer turma". Espiral para cima - vontade de crescimento - alto astral Para baixo - falta de animo- baixo astral

Tipos de Papéis *-*

Oi pessoal, dessa vez passando para falar sobre nosso amigo mais intimo, mais presente companheiro, nas horas de desenhar, o Papel, como sabemos existe vários deles e para o bom desempenho do trabalho é fundamental um papel adequado. Existem vários tamanhos, gramaturas, marcas e tipos de papéis sendo que cada um é indicado para certos materiais ou técnicas. Vamos começar ?

Tamanho
A primeira coisa para saber sobre os papéis é o tamanho. Para efeito de desenho e artes em geral é suficiente conhecer o tamanho dos papeis que são: A4, A3, A2, A1 e A0. Os seus respectivos tamanhos são:

A4 – Tamanho: 21,0 x 29,7 cm.
A3 – Tamanho: 29,7 x 42,0 cm.
A2 – Tamanho: 42,0 x 59,4 cm.
A1 – Tamanho: 59,4 x 84,0 cm.
A0 – Tamanho: 84,0 x 118,8 cm.


Obs. A maioria dos tipos de papéis só são vendidos somente no tamanho A0. É preciso, na hora da compra, pedir para cortar no tamanho desejado.

Arte e Ciência

O diálogo entre arte e ciência mais antigo está presente nas ilustrações de relatos científicos feitos por viajantes, navegadores e pesquisadores. Exemplos famosos são os desenhos de Leonardo Da Vinci da anatomia humana e os de naturalistas e pintores que percorreram o mundo em grandes navegações exploratórias, registrando esboços de animais e plantas, como os botânicos Carl Friedrich Philipp von Martius e Eugen Warming. "O desenho é uma linguagem universal que, frequentemente, dispensa o texto descritivo e a oralidade para explicar os objetos; a ilustração científica, portanto, funciona como ferramenta de apoio à imaginação para explicar ciência", afirma Diane Carneiro, professora da área de ilustração científica do Centro de Ilustração Botânica do Paraná (CIBP).