Pular para o conteúdo principal

A Arte do Pontilhismo

Um pouco de História

O pontilhismo surgiu na França em meados da década de 1880 como um movimento pós-impressionista, sendo uma reação aos próprios impressionistas. Trata-se de uma técnica de pintura em que o artista fez desenhos e representações usando pequenos pontos ou manchas, dando ao observador, um efeito ótico diferente da pintura convencional.

Os dois principais artistas dessa modalidade foram Seurat (1859 – 1891) e Paul Signac (1863 – 1935). No Brasil, diversos artistas, principalmente do período da Primeira República, utilizaram a técnica especialmente em paisagens e pinturas decorativas, como Belmiro de Almeida, Eliseu Visconti e Rodolfo Chambelland.

Pessoal, eu tentei uma vez, desenhar usando a técnica de pontilhismo,pois sou fascinada pela técnica, num desenho simples, mas demorou tannnto, mas tanto rsrs, olha o resultado:

Porém, olhando mais a fundo os integrantes da Comunidade DLE, descobri particularmente dois amigos que dão um verdadeiro SHOW com pontilhismo e nos encantam com tanta originalidade



E o nosso amigo Paulo, mais conhecido como Polo Art



E você, qual a técnica de desenho que mais te encanta?
Por hoje é só queridos,tenham uma ótima semana *-*
Beijos

Di

Comentários

  1. Meu Deus... Pontilhismo é uma arte que requer doação... ._. MUITO F#!!! *-*

    ResponderExcluir
  2. artpolo.2009@gmail.com8 de maio de 2011 14:12

    Oi, Diana, td bem? Me sinto honrado por colocar meus trabalhos me pontilhismo, obrigado de coração.
    O blog ta muitolegal, ja me inscrevi como seguidor.bjsss

    ResponderExcluir
  3. eu achei horrivel.....

    ResponderExcluir
  4. Muito booun acheeii aaa peskisaa kee keriiaa paraa meeuu trabalhoo!!!valeuuuuu

    ResponderExcluir
  5. muitoo legaal valeeu acheii oo kee keriiaa paraa oo meeu trabalhooo!!!!muitoo fodaa!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  6. achei um massa adorei ou melhor amei adorei as fotos principalmente a foto do cavalo e depois as outras fotos muitoo fodaaaa!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  7. adorei esse negócio de pontilhismo coisa irada amei obrigada amigos por te me mostrado esse site me amarrei obrigada de novo amoigos amei obrigadaaaaaaa UAU!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  8. INTERESSANTE,ESSA TECNICA,MAS NEM SEI O NORMAL MAGINE ESSA,KKK.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

O que você achou? ^-^

Postagens mais visitadas deste blog

Significado dos Rabiscos Involuntários

Boa Noite Galerinha *-*, animados pra muito chocolate ? srrss
Há muito tempo atrás, eu navegava muito pela net pesquisando testes, perdia horas fazendo-os, até que uma vez, encontrei um teste, mas sobre desenho, sim, aqueles que vc faz involuntariamente,e que podem demonstrar mesmo que sem querer, uns traços de sua personalidade. Enfim, guardei-o com carinho e hoje, fuçando as coisas do pc, achei exemplo de alguns, qual será que vc se identifica enh ? :3 "Espirais: Quem fica desenhando espirais não gosta de ficar sozinho. Desenhos assim são feitos, geralmente, por pessoas que gostam de se destacar no grupo e batalham para ter alguma função em qualquer lugar, em qualquer turma". Espiral para cima - vontade de crescimento - alto astral Para baixo - falta de animo- baixo astral

Tipos de Papéis *-*

Oi pessoal, dessa vez passando para falar sobre nosso amigo mais intimo, mais presente companheiro, nas horas de desenhar, o Papel, como sabemos existe vários deles e para o bom desempenho do trabalho é fundamental um papel adequado. Existem vários tamanhos, gramaturas, marcas e tipos de papéis sendo que cada um é indicado para certos materiais ou técnicas. Vamos começar ?

Tamanho
A primeira coisa para saber sobre os papéis é o tamanho. Para efeito de desenho e artes em geral é suficiente conhecer o tamanho dos papeis que são: A4, A3, A2, A1 e A0. Os seus respectivos tamanhos são:

A4 – Tamanho: 21,0 x 29,7 cm.
A3 – Tamanho: 29,7 x 42,0 cm.
A2 – Tamanho: 42,0 x 59,4 cm.
A1 – Tamanho: 59,4 x 84,0 cm.
A0 – Tamanho: 84,0 x 118,8 cm.


Obs. A maioria dos tipos de papéis só são vendidos somente no tamanho A0. É preciso, na hora da compra, pedir para cortar no tamanho desejado.

Arte e Ciência

O diálogo entre arte e ciência mais antigo está presente nas ilustrações de relatos científicos feitos por viajantes, navegadores e pesquisadores. Exemplos famosos são os desenhos de Leonardo Da Vinci da anatomia humana e os de naturalistas e pintores que percorreram o mundo em grandes navegações exploratórias, registrando esboços de animais e plantas, como os botânicos Carl Friedrich Philipp von Martius e Eugen Warming. "O desenho é uma linguagem universal que, frequentemente, dispensa o texto descritivo e a oralidade para explicar os objetos; a ilustração científica, portanto, funciona como ferramenta de apoio à imaginação para explicar ciência", afirma Diane Carneiro, professora da área de ilustração científica do Centro de Ilustração Botânica do Paraná (CIBP).