Pular para o conteúdo principal

Desenho, Logo Encontro



Michael Andrews - Mad World


Muitas pessoas passam por nossas vidas, ainda mais quando se trata da vida virtual, mas poucas ficam e menos ainda marcam seus nomes em nossos corações pela eternidade. E incrível como dentre tantos caminhos possíveis, alguns se cruzem, mas isso aconteceu, na encruzilhada onde está a DLE. Carinho virtual, amor, encontro real, paixão... Sejam lá quais forem os nomes dados, funcionou com a Olívia e o Luiz Fads. É a arte conspirando para que o amor resista ao tempo e a distância.







A Entrevista



DLE : Quem é o Luiz Fads pra vc ?

Olívia: O Luiz Fads é um desenhista retratista q me chamou a atenção pela qualidade e precisão dos desenhos... Fui vendo as fotos de sua vida e um um garoto! Lindo... de uma simplicidade poética...

DLE: Quem inicialmente tomou coragem de falar um com outro?

Olívia: um dos dois adicionou... Começamos amizade virtual... Foi quando vi o sarcasmo bagunçado com esperança e conhecimento...

DLE: E como se conheceram ? Alguém em especial os apresentou um ao outro ?

Olívia: Não... Tudo através da DLE

DLE: E o que significa a DLE pra vc hoje ?

Olívia: Um LUGAR... Para aprender sobre determinação, justamente por concentrar uma quantidade imensa de esforço e arte de tantos jeitos... Eu a uso para consultar dúvidas, para pedir avaliação da arte... Para manter contato com meus novos amigos!... E responsável por um caso de amor

DLE: E como foi o encontro de vc's ?

Olívia: Ah... Combinamos que ele viria a São Paulo... Fui ao aeroporto, e quando o vi, dei um abraço muito longo, à uma hora da manhã. não desgrudamos por 5 dias.

DLE: Que maravilha, aposto que foi uma emoção Incrivel

Olívia: E agora planejamos namorar de acordo com os feriados. Incrível pela expectativa e medo de frustração... Mas o ambiente virtual foi transposto pela realidade. Foi o caso contrário, já que tudo que é virtual é supervalorizado, não sendo... Esse caso foi
inverso... A realidade era muito mais apaixonante.

DLE: E qual mensagem gostaria de transmitir a DLE e ao seu amor ?

Olívia: Que prestemos muita atenção na internet... É o verdadeiro meio da rua! Em que há os problemas similares, como podemos ver... Mas... A partir de quando a usamos com objetivos mais claros, separamos a parte boa... E podemos nos dar o luxo, de trazer à vida off line parte da nossa vida virtual... Isso, feito com certa maturidade e vindo de assuntos do bem! (por exemplo, uso a net pra aprender a desenhar).
o grupo de pessoas com quem CONVIVO virtualmente é de primeira linha... Daí, para viver um
momento construído, é um passo. A DLE é um dos ambientes mais saudáveis e cordiais que eu já vi... As pessoas buscam OFERECER QUALIDADE e trocar informações... Nisso, a intimidade nos faz fazer as brincadeiras com nossos amigos, e torna a DLE um acervo estonteante... Coisa de joalheria!

E pro Luiz... Que ele é meu neném lindo, sorridente e que trouxe lá de longe, tanto carinho e
paz... - Querido, já já chega a data pra gente se ver

DLE: Olivia querida agradeço de por ter concedido essa entrevista. Que você seja muito feliz e que a DLE continue sendo um lugar muito importante para você.

=)

Olívia: Ah, é isso... Ele é a coisa mais linda q tem

rss


Então pessoal, espero que tenham gostado=)
E fica a dica seu amor pode está na outra telinha
Beijos

Colaboradores: Diana Rocha e Fernando Batista

Comentários

  1. ela é a coisa mas estonteante,linda e inteligente e outras coisas mais que nâo lembro agora!

    ResponderExcluir
  2. o.O! uau... luxo em! - arteeeeeee

    ResponderExcluir

Postar um comentário

O que você achou? ^-^

Postagens mais visitadas deste blog

Significado dos Rabiscos Involuntários

Boa Noite Galerinha *-*, animados pra muito chocolate ? srrss
Há muito tempo atrás, eu navegava muito pela net pesquisando testes, perdia horas fazendo-os, até que uma vez, encontrei um teste, mas sobre desenho, sim, aqueles que vc faz involuntariamente,e que podem demonstrar mesmo que sem querer, uns traços de sua personalidade. Enfim, guardei-o com carinho e hoje, fuçando as coisas do pc, achei exemplo de alguns, qual será que vc se identifica enh ? :3 "Espirais: Quem fica desenhando espirais não gosta de ficar sozinho. Desenhos assim são feitos, geralmente, por pessoas que gostam de se destacar no grupo e batalham para ter alguma função em qualquer lugar, em qualquer turma". Espiral para cima - vontade de crescimento - alto astral Para baixo - falta de animo- baixo astral

Tipos de Papéis *-*

Oi pessoal, dessa vez passando para falar sobre nosso amigo mais intimo, mais presente companheiro, nas horas de desenhar, o Papel, como sabemos existe vários deles e para o bom desempenho do trabalho é fundamental um papel adequado. Existem vários tamanhos, gramaturas, marcas e tipos de papéis sendo que cada um é indicado para certos materiais ou técnicas. Vamos começar ?

Tamanho
A primeira coisa para saber sobre os papéis é o tamanho. Para efeito de desenho e artes em geral é suficiente conhecer o tamanho dos papeis que são: A4, A3, A2, A1 e A0. Os seus respectivos tamanhos são:

A4 – Tamanho: 21,0 x 29,7 cm.
A3 – Tamanho: 29,7 x 42,0 cm.
A2 – Tamanho: 42,0 x 59,4 cm.
A1 – Tamanho: 59,4 x 84,0 cm.
A0 – Tamanho: 84,0 x 118,8 cm.


Obs. A maioria dos tipos de papéis só são vendidos somente no tamanho A0. É preciso, na hora da compra, pedir para cortar no tamanho desejado.

Arte e Ciência

O diálogo entre arte e ciência mais antigo está presente nas ilustrações de relatos científicos feitos por viajantes, navegadores e pesquisadores. Exemplos famosos são os desenhos de Leonardo Da Vinci da anatomia humana e os de naturalistas e pintores que percorreram o mundo em grandes navegações exploratórias, registrando esboços de animais e plantas, como os botânicos Carl Friedrich Philipp von Martius e Eugen Warming. "O desenho é uma linguagem universal que, frequentemente, dispensa o texto descritivo e a oralidade para explicar os objetos; a ilustração científica, portanto, funciona como ferramenta de apoio à imaginação para explicar ciência", afirma Diane Carneiro, professora da área de ilustração científica do Centro de Ilustração Botânica do Paraná (CIBP).